Cidade de três apóstolos pode ter sido descoberta

Da Redação | Foto: Zachary Wong | Adaptação web Caroline Svitras

Arqueólogos israelitas acreditam ter encontrado a antiga cidade de Betsaida, terra natal dos apóstolos Pedro, Filipe e André, após uma série de escavações na atual El Araj, lugarejo na costa norte do Mar da Galileia. Além de ruínas de uma casa de banhos, duas moedas – uma de bronze do final do século 2 a.C. e um denário de prata com o retrato do imperador Nero datado dos anos 65-66 d.C. –, fragmentos de cerâmica e de mosaicos, achados em uma camada de terra que remonta ao período romano tardio, entre os séculos 1º e 3º a.C., localizada dois metros abaixo do nível do período bizantino, eles também escavaram vestígios de uma igreja e peças de vidro dourado que compunham uma tessela (um conjunto decorativo) usada em ritos religiosos. Tais achados confirmam o testemunho dado pelo príncipe e bispo Vilibaldo da Baviera, que visitou Betsaida em 725 d.C., sobre a existência de um templo no local onde antes viveram os apóstolos.

 

Para conferir mais notícias e curiosidades garanta a sua revista Leituras da História Ed. 107 aqui!

Adaptado do texto “Cidade de três apóstolos pode ter sido descoberta”