Cientistas encontram 150 pegadas de dinossauros na Austrália

Elas foram localizadas em uma área rochosa

Localizadas em uma área rochosa que tem entre 127 e 140 milhões de anos, que fica em Walmadany, uma região do estado da Austrália Ocidental, as pegadas de dinossauros pertencem a 21 espécies, cuja antiguidade foi datada entre 90 a 115 milhões. Fique por dentro!

Cientistas encontram 150 pegadas de dinossauros na Austrália

Segundo Steve Salisbury, cientista da Universidade de Queensland, a variedade das marcas de dinossauros, pertencente à primeira metade do período Cretáceo inferior, não tem precedente no mundo, pois elas correspondem a dez espécies da classe dos sauropsidas (quatro de Ornitópodes), seis de gliptodonte e cinco de dinossauros predadores. Entre elas também está a única prova existente de um estegossauro no país. “A descoberta é extremamente importante porque representa o primeiro registro de dinossauros não aviários no noroeste do país”, frisou Salisbury, responsável pelo trabalho de confecção de moldes de cada uma delas (na imagem).

Revista Leituras da História – Ed. 102