Ferramenta anterior a linhagem do Homo é encontrada

Da Redação | Foto: West Turkana Archaeological Project

Arqueólogos que exploravam a região do Lago Turkana, no Quênia, encontraram um instrumento de pedra rudimentar de 3,3 milhões de anos, que teria sido usado por primatas para cortar e bater. Como ele é cerca de 700 mil anos mais antigo que outros já encontrados anteriormente, a descoberta aponta para uma reviravolta na ideia defendida até então sobre a evolução dos humanos. Tradicionalmente, os cientistas acreditam que as ferramentas apareceram há 2,6 milhões de anos, junto à linhagem de Homo, que teria dado origem ao homem atual. Mas o instrumento achado no Quênia já sugere que a história pode ter outro contexto, embora seja impossível associar nossos genes ao das criaturas ligadas ao instrumento encontrado. “Muitos defendem que o Homo foi o único que utilizou ferramentas, mas agora essa posição é difícil de ser defendida”, afirmou Erella Hovers, arqueólogo da Universidade Hebraica de Jerusalém.

 

Revista Leituras da História Ed. 85