Gaza sofre com a poluição nas águas

Gaza sofre com a poluição nas águas
Foto: Fadi Abu Shammala

Em consequência da crise elétrica instalada em território palestino, poderá haver tanto o fechamento das praias quanto a proibição de banhos durante todo o verão, devido às águas residuais que não estão sendo tratadas antes de chegarem ao Mar Mediterrâneo, pois a usina de tratamento depende de eletricidade e vem sofrendo com cortes de até 12 horas seguidas por dia. O problema é resultado do embate entre o Hamas, que governa Gaza, e o nacionalista Al Fatah, que governa na Cisjordânia e se nega a continuar pagando as contas de energia da região enquanto os islamitas mantiverem o controle sobre ela. “Em muitas partes de Gaza, não é possível entrar no mar porque as águas residuais ameaçam idosos e crianças, a população mais vulnerável a doenças e vírus. Estamos falando de uma água absolutamente contaminada, cheia de matérias biológicas e químicas e, por isso, 50% da faixa litorânea deve ter o acesso proibido”, afirmou Moser Shablak, diretor de Corporação da Água e Água Residual em Gaza.

Revista Leituras da Histórias – Ed. 104

Gaza-sofre-com-a-poluição-nas-águas