Livros e autores: saiba mais sobre 3 livros históricos

Texto: Redação Leituras da História | Adaptação web: Raíssa Jorgenfelth

Batalha da Rússia – “Stalingrado 1942 – O início do fim da Alemanha nazista”, de Alexander Werth; Editora Contexto, 224 p. – Preço: R$ 49,90.

A Batalha de Stalingrado compõe, com a Batalha de Moscou e o Cerco de Leningrado, um dos grandes – e mais sangrentos – embates entre soviéticos e alemães na 2ª Guerra Mundial. Stalingrado do jornalista Alexander Werth é a primeira reconstituição detalhada das operações militares de Stalingrado – das grandes manobras do cerco preparadas pelo Estado-Maior do Exército Vermelho, a partir de outubro de 1942, até os embates de rua, travados prédio por prédio no coração de uma das maiores cidades industriais soviéticas dos anos 1930. Lançado originalmente em 1946, o livro chega ao Brasil com posfácio e notas assinadas pelo filho do autor, Nicolas Werth,  historiador especialista em história da União Soviética.

O autor expõe também muitos aspectos da vida social e política da URSS: a evolução da propaganda antigermânica, a descoberta das atrocidades nazistas quando o Exército Vermelho libertou as zonas ocupadas, a campanha política a favor de um “retorno à tradição” no exército, o rigor da fase mais dura da ofensiva alemã, entre outras coisas.

Alexander Werth – nasceu em São Petersburgo, mas ainda adolescente foge com a família para a Grã-Bretanha, onde se formou em jornalismo. Contratado pelo Manchester Guardian vai para Paris, como corresponde nos anos 1930. Durante a 2ª Guerra Mundial, torna-se correspondente da BBC e do Sunday Times e embarca para Moscou com s membros da missão militar britânica. Werth permanece na URSS até maio de 1948.

 

“Sombra e Sangue – Don Calmet e as investigações sobre Vampiros na Hsitória e na Europa do século 18”, de Maytê Vieira; Editora Estúdio texto, 120 p. – Preço: R$ 39,90

O livro Sombras e Sangue: as investigações de Don Calmet sobre aparições de vampiros na História e na Europa do século 18, de Maytê Vieira, traz de forma completa a primeira pesquisa acadêmica e histórica sobre vampiros, feita no Brasil. O assunto já foi abordado em um número anterior da Leituras da História (edição 37) e agora, o resultado do trabalho da pesquisadora virou livro.

O homem está sempre buscando dar significado e sentido ao mundo por meio da imaginação criando seres sobrenaturais para explicar aquilo que não entende. Um dos mais conhecidos é o vampiro, que encarna dois dos principais medos: a morte e o tempo.

A intenção de Don Calmet foi estudar os casos relatados e documentados de vampirismo na Europa para comprovar a inexistência destes seres e que, além disto, tudo não passava de uma espécie histérica coletiva, mas acabou conseguindo o contrário; fez uma compilação de casos que foram lidos e discutidos por seus contemporâneos, acendendo ainda mais a questão e acabando por, involuntariamente, consagrá-los.

 

“Carl Einstein e a Arte da África”, de Elena O’Neill e Roberto Conduru; Eduerj, 264 p. – Preço: R$ 55,90 

Carl Einstein foi escritor, pesquisador e historiador, assim como tradutor, editor e ativista político na Europa durante as primeiras décadas do século 20. O seu pioneirismo nos estudos da arte podem ser conferidos neste lançamento. Carl Einstein e a Arte da África traz os textos produzidos pelo pesquisador sobre esculturas e objetos africanos e os contrapõe a ensaios de outros estudiosos.

Na primeira parte, o livro, organizado pela uruguaia Elena O’Neill e pelo brasileiro Roberto Conduru, apresenta uma coletânea de textos que exerceram um papel fundamental na inauguração dos estudos sobre a arte da África com ofato estético.

A segunda parte do livro é constituída de textos que abordam o autor e a sua obra, fazendo uma releitura dos seus escritos. O artigo de Roberto Conduru destaca a natureza parcial da obra do crítico alemão e a boa recepção às suas análises no Brasil, país que recebeu uma parte da população em foco. O artigo de Elena O’Neill identifica armadilhas na formulação de conceitos utilizados por Einstein utilizados em diferentes contextos.

*Preços pesquisados em Dezembro de 2015

Fotos: Revista Leituras da História Ed. 90

Leituras da História Ed. 90