Mosaicos de 2 mil anos são salvos na Turquia

A descoberta somente se deu porque no ano de 2000, a cidade turca de Zeugma chamou a atenção da comunidade científica internacional

Foto Twisted Sifter


Mosaicos de 2 mil anos foram salvos na Turquia. A descoberta somente se deu porque no ano de 2000, a cidade turca de Zeugma chamou a atenção da comunidade científica internacional. Embora tivesse sido fundada no século 3º a.C. pelos gregos com o nome de Selêucia, conquistada em 64 a.C. pelo Império Romano que a renomeou para Zeugma e, tomada em 253 d.C. pelo Império Sassânida persa, ela estava ameaçada por uma inundação, devido à construção de uma barragem em suas proximidades.

A partir daí, uma equipe de arqueólogos liderada pelo professor Kutalmış Görkay, da Universidade de Ancara, começou a escavara região e descobriu uma série impressionante de mosaicos, todos preservados e ricos em cores. Como eles serviam como decoração para as casas dos habitantes locais, supõe-se que foram ilustrados com personagens da mitologia grega e romana de acordo com a imaginação dos respectivos donos. Desde então, vários deles foram salvos de perda total, mas ainda há muita coisa debaixo da água, que cobriu 25% da margem ocidental da antiga cidade.

Revista Leituras da História | Ed. 91

Mosaicos de 2 mil anos são salvos na Turquia