O monumental Estádio do Pacaembu

Da Redação | Foto: Joannis Mihail Mouda | Adaptação web Caroline Svitras

Inaugurado em 27 de abril de 1940, antes mesmo de se tornar palco do futebol, o Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho entrou para a história. Na data, o então presidente Getúlio Vargas, presente na solenidade, foi recebido pelos paulistanos com sonoras vaias, devido ao episódio da Revolução Constitucionalista de 1932. Pouco depois, como a ostentação das bandeiras estaduais estava proibida, durante o desfile das delegações dos clubes paulistanos, a do São Paulo exibiu o nome e as cores do time – as mesmas do Estado. O estádio inteiro, incluindo os locutores de rádio, revoltados com a censura, aplaudiram de pé o “drible” da equipe. Terminada as manifestações políticas, no dia seguinte, o estádio sediou as partidas inaugurais. No primeiro jogo, o Palestra Itália – antigo nome da Sociedade Esportiva Palmeiras – ganhou do Coritiba por 6 a 2. Em seguida, o Corinthians venceu o Clube Atlético Mineiro por 4 a 2. Vitórias paulistanas em todos os sentidos!

 

Revista Leituras da História Ed. 49