Ondas gravitacionais previstas por Einstein foram detectadas

Embora tenha sido divulgada recentemente no jornal científico Physical Review Letters, a detecção de ondas já tinham sido previstas pelo físico alemão, Albert Einstein, há mais de 100 anos e que são desencadeadas por objetos celestiais gigantescos que se chocam e se fundem, provocando ondulações no espaço e no tempo, ocorreu em 4 de janeiro de 2017.

Ondas gravitacionais previstas por Einstein foram detectadas
Foto: SXS, the Simulating eXtreme Spacetimes (SXS)

Na ocasião, fachos de laser gêmeos, usados em Louisiana e Washington, captaram as vibrações sutis de dois buracos negros, respectivamente 20 e 30 vezes mais maciços que o sol, antes que girassem na direção um do outro e se fundissem em um só. Depois, ao compararem a forma das ondas resultantes com modelos de computador, os cientistas confirmaram que a colisão aconteceu a cerca de 3 bilhões de anos-luz da Terra, duas vezes mais longe do que as detecções anteriores. “Realmente estamos indo da novidade para uma nova ciência observacional, que nos ajudará a entender como o universo se formou”, disse David Shoemaker, astrofísico do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Revista Leituras da História – Ed. 104

Ondas-gravitacionais-previstas-por-Einstein-foram-detectadas