Por que comemoramos o Natal em 25 de dezembro?

O aniversário de Jesus não era comemorado durante sua vida. Seus seguidores e apóstolos preferiam celebrar cada momento que passavam juntos ao Salvador

Por Caroline Svitras | Foto: Wikimedia

Todos os anos, ao se aproximar o 25 de Dezembro surge o questionamento: mas Jesus teria nascido mesmo nessa data? Ou será que a Igreja se aproveitou de um feriado pagão para popularizar o cristianismo? “O primeiro testemunho que encontramos sobre o nascimento do Senhor é a partir do ano 221, e a festa já era celebrada em Roma a partir do ano 336”, relata a professora de Ensino Religioso Hélia Carla de Paula. Segundo ela, os cristãos primitivos não tinham o costume de celebrar o nascimento de Jesus e, com o crescimento da religião no Império Romano, ” as festas pagãs foram recebendo novo sentido, de forma que tudo que estava relacionado às divindades era transformado num novo significado cristão”.

 

Ela comenta, ainda, que não é possível traçar a data exata do dia em que Jesus teria nascido, uma vez os registros do acontecimento tendo mais um caráter teológico do que bibliográfico. “Não tem como saber quando Jesus nasceu. A certeza é que não foi na data do dia 25 de Dezembro“, acrescenta. A professora explica que a data fora escolhida por ser próxima ao solstício de inverno, que era celebrado nas religiões antigas por meio da exaltação do Sol. “A festa que outrora era pagã, aos poucos é compreendida como o nascimento do verdadeiro sol, Senhor Jesus Cristo”, termina.

 

*Hélia Carla de Paula é professora de Ensino Religioso do Colégio Nossa Senhora das Dores, de Belo Horizonte.